RSS

Arquivo de etiquetas: Chardonnay

Acompanhamentos pra Fondue de Queijo

Quando se pensa em jantar no inverno, seja romântico, ou encontro de amigos, logo vem a cabeça o famoso Fondue.

O acompanhamento clássico do Fondue de Queijo é sem dúvida o pão, porém só ele, o sabor fica meio monótono e até enjoativo. Por isso optei por explorar outros acompanhamentos para dar um toque especial.

O objetivo desse post são os acompanhamentos, por isso não entrarei na preparação da massa do fondue de queijo, inclusive usei massa pronta comprada no supermercado mesmo.

Vamos aos acompanhamentos:

Pães:

  • Pão Italiano;
  • Baguete Tradicional.

O pão não pode faltar, e não é qualquer tipo que pode ser utilizado. Você deve escolher um pão de casca dura, e deve cortar para que todos as partes servidas tenham casca. Escolhi o pão Italiano, que por ter alta fermentação, tem um sabor marcante, combinando perfeitamente com o fondue de queijo e a Baguete Tradicional que tem o sabor mais suave.

Corte os pães em cubos de tamanhos iguais, e que seja possível de serem espetados firmemente pelo garfo de fondue.

Queijo Reino:

Escolhi um queijo maturado de massa dura e sabor forte para dar presença e sobressair ao Fondue. Combinou muito bem.

Corte em cubos de tamanho iguais aos pães.

Brócolis:

Esse acompanhamento realmente me surpreendeu, não poderia esperar que combinasse tão bem.

Separe o brócolis em buquês pequenos. Coloque o brócolis em um saco de freezer, feche bem e leve ao micro-ondas por 1 minutos em potência alta.

Se o saco pra freezer estourar, não tem problema, deixe completar o tempo indicado. Retire com cuidado para não se queimar com o vapor.

Batata Noisette:

A batata noisette você encontra pronta congelada no supermercado. Para assar basta seguir as instruções da embalagem.

Eu fiz no forno elétrico, e deixei 5 minutos a mais no forno para ficar bem crocante.

Carne:

Utilizei filé mignon na manteiga. Corte o filé mignon em cubos, de tamanho similar ao queijo.

Em uma panela, adicione uma colher sopa de manteiga para cada 200 gramas de carne, adicione a carne, uma pitada de sal e frite até a carne atingir a consistência desejada.

Não frite muito para a carne não ficar dura. O ponto ideal é o suficiente para que você consiga espetar com o garfo de fondue.

Linguiça Calabresa Fininha:

  • Linguiça calabresa fininha;
  • Molho Inglês.

Corte a linguiça calabresa fininha em pedaços pequenos, suficiente para espetar com o garfo de fondue. Aqueça uma panela em fogo médio, adicione a linguiça calabresa e um pouquinho de água para soltar o excesso de gordura. Frite por alguns instantes e adicione uma colher sopa de molho inglês para caramelizar.

Frite por mais alguns instantes e estará pronto.

Para acompanhar, um vinho Cabernet Sauvignon Blanc ou Chardonnay vão muito bem. Eu optei por fugir à regra e servi um Cabernet Sauvignon tinto por causa dos acompanhamentos mais presentes que usei.

Bom apetite!

Veja também:
Strogonoff de Carne
Hamburger Caseiro

 
14 Comentários

Publicado por em Julho 14, 2013 em Acompanhamentos

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Tainha Recheada com Camarão

Tainha é um peixe migratório que tem a pesca liberada entre os meses de maio e julho. Por isso acabou se tornando uma tradição de inverno no litoral sul e sudeste.

Segue ingredientes:

Tainha:

  • 1 tainha grande;
  • sal.

Recheio:

  • 200 gramas de camarão descascado;
  • 2 xicaras de farinha de milho;
  • 1 cebola pequena;
  • 1 dente de alho pequeno;
  • 2 colheres sopa de manteiga;
  • 1 colher chá de páprica picante;
  • 1 pitada de tomilho seco;
  • azeite;
  • sal.

Vamos iniciar pelo recheio. Leve a panela ao fogo médio, adicione 1 fio de azeite e a manteiga. Assim que a manteiga derreter, adicione a cebola picada.

Deixe fritar até a cebola dourar, adicione a páprica picante e o tomilho seco e em seguida, adicione o alho e após alguns instantes, o camarão. Frite em fogo médio mexendo constantemente até o camarão corar.

Adicione 1 xicara de farinha, mexendo constantemente para incorporar o camarão. Aos poucos vá adicionando mais farinha até a farofa ficar bem soltinha.

A quantidade de farinha irá depender muito da quantidade de água que o camarão soltar, por isso não precisa adicionar toda a farinha, só o suficiente para que fique com a textura desejada. Como é pra usar com peixe, deixei mais seca, mas se quiser usar com outros pratos, deixe mais molhadinha adicionando menos farinha.

Com a farofa pronta, vamos ao peixe. Como limpar peixe ninguém merece, compro a tainha já limpa. Por se tratar de um peixe de gosto forte, não há necessidade de muito tempero. Apenas sal fica ótimo.

Passe o sal por toda a tainha, inclusive na parte de dentro. Coloque a tainha sobre um filme poliéster para churrasco, com a barriga pra cima. Recheie com a farofa, capriche bem.

Enrole o filme poliéster ao redor da tainha apertando bem para que a farofa não caia. Amare as pontas com tiras cortadas do próprio filme poliéster, deixando um pouquinho aberto para que o excesso de vapor possa sair.

Leve à grelha, mantendo sempre a tainha de barriga pra cima. Se você deixar a farofa pra baixo, a gordura que escorrer irá umedecer a farofa e deixar um gosto amargo. Mantenha a brasa bem quente, mas não deixe que as chamas alcancem o filme poliéster para não derreter. Após 1 hora na grelha estará pronta. Corte o filme poliéster e retire a tainha com muito cuidado para que ela não de desmanche no processo.

A farofa que sobrou do recheio, usei na travessa para melhorar a apresentação do prato. Sirva com arroz branco, uma saladinha de tomate e claro, um bom vinho branco, recomendo um Chardonnay.

Bom apetite!

Veja também:
Picanha Grelhada
Espetinho à Uruguaya
Costela Assada

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Julho 7, 2013 em Carnes

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , ,

 
Daniel Dalonso | Fotografia

Paixão pela arte de fotografar!