RSS

Arquivo de etiquetas: molho de tomate

Pizza de Frango Barbecue

Eu nunca gostei de pizza de frango, mas recentemente fui jantar em uma famosa rede de pizzarias e tinha um novo sabor que me chamou muito a atenção, Frango Barbecue. Apesar de ter gostado muito, fiquei com o pensamento que poderia ser melhorado.

Usei como referência o recheio de uma torta de frango que sempre fazemos, em breve publico a receita, e adaptei para molho barbecue. O resultado superou todas as expectativas e se tornou um dos meus sabores favoritos.

Vamos aos ingredientes para uma pizza de 30 cm:

  • massa de pizza (veja a receita A Melhor Massa de Pizza);
  • 160 gramas de molho de tomate pra pizza (veja a receita Molho pra Pizza);
  • 150 gramas de queijo mussarela ralado;
  • 250 gramas de peito de frango;
  • 1 dente de alho;
  • 1 folha de louro;
  • chilli em pó;
  • 5 colheres de sopa de molho barbecue;
  • sal.

Primeiro vamos preparar o frango. Corte o peito de frango em cubos grandes para facilitar o cozimento e coloque-o em uma panela, juntamente com o alho inteiro, a folha de louro, uma pitada de chilli em pó e sal a gosto. Adicione água suficiente para cobrir o frango e leve ao fogo alto. Deixe ferver até a água evaporar quase por completo.

Adicione uma colher de sopa de molho barbecue, misture bem e deixe amornar.

Para desfiar o frango, utilizei um mini processador, utilizando a lâmina pra bolo (de plástico). Facilita muito o trabalho. Coloque no mini processador alguns pedaços de frango e barbecue à gosto. Como o molho barbecue que usei era forte, um tipo defumado, utilizei uma colher de sopa, mas você pode usar mais se achar necessário.

Ligue o mini processador por alguns instantes e o frango estará desfiado e integrado ao molho barbecue. Repita até que todo o frango esteja desfiado.

Para finalizar, caso tenha sobrado algum pedaço maior de frango depois de passar pelo mini processador, termino de desfiar com a mão.

Agora vamos montar a pizza:

Espalhe bem o molho da pizza de forma regular até as bordas. Espalhe uniformemente o queijo mussarela, o frango desfiado e um pouco de orégano, só o suficiente pra dar um gostinho.

Se quiser deixar mais molhadinha, regue com um pouco de azeite de oliva de qualidade. Eu não o fiz porque o frango já ficou úmido o suficiente com o barbecue.

Leve ao forno e assim que as bordas da massa estiverem corada e o queijo bem derretido, estará pronta.

Retire do forno com cuidado para não se queimar e está pronto para servir.

Veja também:

Pizza Marguerita
Pizza de Parma com Rúcula
Pizza de Abobrinha
Pizza Aperitivo (crostini)

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Agosto 18, 2013 em Pizzas

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Strogonoff de Camarão

Pra mim só existe um prato melhor que strogonoff de carne, o strogonoff de camarão. [risos]. Não fazemos com frequência, mas quando fazemos é um acontecimento.

Segue ingredientes:

  • 300 gramas de camarão branco pré-cozido descascado;
  • 340 gramas de molho de tomate tradicional;
  • 1 dente grande de alho;
  • 1 cebola média;
  • 1 colher de sopa de colorau;
  • 1 pimenta dedo de moça;
  • 200 gramas de creme de leite de caixinha;
  • 50 gramas de champignon fatiado;
  • azeite;
  • sal a gosto.

Em uma panela com fogo médio, coloque um fio de azeite e refogue a cebola picada, após adicione o alho picado,  a pimenta dedo de moça picada sem semente e por último o colorau.

Adicione o camarão, misture e deixe fervendo por 3 minutos. Adicione o molho de tomate, o sal a gosto e reduza o fogo. Tampe e deixe até ferver.

Quando estiver borbulhando adicione o champignon fatiado e o creme de leite. Uso o creme de leite de caixinha porque os demais tipos se ferverem vão talhar e estragar a receita.

Desligue o fogo e está pronto para servir com arroz ou purê de batata e batata palha extra fina.

Para acompanhar, um vinho branco vai bem.

Bom apetite!

Veja também:
Strogonoff de Carne
Carne de Panela à Mexicana
T-Bone no Forno
Picanha Grelhada

 
1 Comentário

Publicado por em Agosto 11, 2013 em Carnes, Molhos

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , ,

Pizza Marguerita

Há muito tempo atrás a dona Maria me pediu para fazer uma pizza de tomate, conhecida com Marguerita. A minha reação imediata foi “WHAT?” Como assim pizza marguerita? E a calabresa? e o bacon?

Como a última palavra aqui em casa sempre é minha [risos], acabei fazendo e pra minha surpresa ficou muito boa. Muito boa mesmo.

Atualmente é a melhor pizza que já comi e virou uma tradição aqui em casa. Sempre que faço pizza, um dos sabores obrigatórios é a marguerita.

Vamos aos ingredientes para uma pizza de 30 cm:

  • massa de pizza (veja a receita A Melhor Massa de Pizza);
  • 160 gramas de molho de tomate pra pizza (veja a receita Molho pra Pizza);
  • 150 gramas de queijo mussarela ralado;
  • 4 tomates médios bem maduros;
  • 2 galhinhos de manjericão fresco.
  • 50 gramas de queijo provolone relado;
  • azeite de oliva;
  • orégano.

Primeiro vamos preparar o tomate. Ferva a água e coloque em uma tigela. Pegue os tomates e faça um corte na parte de baixo deles, no formato de cruz,  ou de um “+” ou se preferir, um “X”. [risos]

Coloque os tomates dentro da tigela com a água fervente. Após uns 5 minutos você irá notar que a pele do tomate começou a soltar. Retire os tomates da água com cuidado para não se queimar e em uma torneira com água fria você conseguirá lavar o tomate soltando a pele com a mão.

Importante: o tomate tem que estar bem maduro senão a pele não solta e não ferva a água junto com o tomate senão irá se desmanchar. O tomate é adicionado na água já fervendo.

Feito isso, retire o miolo do tomate e pique em cubinhos.

Eu prefiro o tomate picado porque na minha opinião fica mais saboroso. Recomendo que o melhor momento de provar este sabor é na época de colheita do tomate, quando o seu sabor fica mais intenso, doce e não muito acido e com isso mais gostoso que o tomate fora de estação.

Agora vamos montar a pizza:

Espalhe bem o molho da pizza de forma regular até as bordas. Espalhe uniformemente nessa ordem: o queijo mussarela, os tomates picados, o queijo provolone e um pouco de orégano, só o suficiente pra dar um gostinho.

Lave bem o manjericão e retire as folhas do caule e espalhe-as bem sobre a pizza. Utilize manjericão fresco para dar um sabor mais intenso. Nos maiores supermercados sempre vendem maços de manjericão fresco.

Regue a pizza com azeite de oliva de qualidade, principalmente sobre as folhas de manjericão, para que elas não queimem no forno, deixando um gosto amargo.

Leve ao forno, se a massa não for pré-assada, o ponto é quando o queijo começar a borbulhar no centro da pizza.

Retire do forno com cuidado para não se queimar e está pronto para servir.

Este sabor não pode ser congelado.

Veja também:

Pizza de Parma com Rúcula
Pizza de Abobrinha
Pizza Aperitivo (crostini)

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Julho 28, 2013 em Pizzas

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Strogonoff de Carne

Esse é com certeza o meu prato favorito, porém é muito raro achar um restaurante que sirva um strogonoff de qualidade, ou pelo menos razoável. Moral da história, quer um strogonoff gostoso, faça você mesmo.

É rápido, fácil, barato e gostoso. Tudo que é necessário para uma refeição sem grandes pretensões.

Segue ingredientes:

  • 700 gramas de alcatra sem osso;
  • 340 gramas de molho de tomate tradicional;
  • 170 ml de água;
  • 2 dentes grandes de alho;
  • 1 cebola grande;
  • 1 colher chá de páprica picante;
  • 1 pitada de mostarda em pó inglesa;
  • 1 pitada de pimenta habanero;
  • 1 pitada de pimenta síria;
  • 200 gramas de creme de leite de caixinha;
  • 160 gramas de champignon fatiado;
  • azeite;
  • sal a gosto.

Vamos iniciar preparando a carne. Eu comprei alcatra pra strogonoff já picada, mas você pode comprar uma peça inteira, e cortar em tirinhas fininhas. Em uma panela com fogo alto, coloque um fio de azeite e adicione a carne. Vá mexendo para que fique soltinha. Frite até que evapore toda a água. 

Adicione o alho, misture com a carne e em seguida adicione a cebola. Misture até a cebola começar a dourar, adicione o sal a gosto, a páprica picante, a pimenta habanero, a mostarda em pó inglesa e a pimenta da síria. Misture bem e abaixe um pouco o fogo.

Adicione o molho de tomate, a água e deixe ferver em fogo médio até o molho engrossar. Adicione o champignon fatiado e deixe ferver mais alguns instantes. Nesse ponto você pode retirar metade do molho e congelar para usar outro dia, basta descongelar e continuar a receita desse ponto.

Com a restante do molho que sobrou na panela, adicione o creme de leite e mexa bem até ferver. Uso o creme de leite de caixinha porque os demais tipos se ferverem vão talhar e estragar a receita.

Desligue o fogo e está pronto para servir com arroz e batata palha extra fina. Ao invés do arroz, já usei purê de batata e ficou muito bom. Para beber, um suquinho natural de laranja.

Apesar de ter sido usado várias pimentas, a picância é bem suave porque foram adicionados pequenas quantidades, dando sabor mas não ardência.

Caso você queira modelar o arroz como na foto, pegue um potinho de porcelana, unte com manteiga e pegue o arroz fresco, ainda sem ter terminado completamente a fervura e coloque no potinho, apertando com a colher. Vire no prato, mas não retire desenforme de imediato. Deixe uns 3 a 5 minutos para terminar a fervura e aí sim desenforme. Irá manter a forma e quando for comer o arroz estará bem soltinho.

Bom apetite!

Veja também:
Costelinha com Geleia de Morango com Pimenta 
T-Bone no Forno
Picanha Grelhada

 
1 Comentário

Publicado por em Junho 30, 2013 em Carnes, Molhos

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

 
Daniel Dalonso | Fotografia

Paixão pela arte de fotografar!