RSS

Arquivo de etiquetas: Molho Inglês

Molho Barbecue do Outback

Cada restaurante tem a sua própria receita de barbecue com características bem distintas e comumente são uma decepção. Alguns parecem mais com geleia que com molho barbecue.

Pra mim quando penso em molho barbecue, o único que me vem a cabeça é do restaurante australiano. Como na minha cidade não tem, temos que improvisar em casa. [risos]

Vamos aos ingredientes:

  • 1/2 cebola pequena picada;
  • 1/2 xícara de água;
  • 1/2 xícara de açúcar mascavo;
  • 2 colheres de sopa de molho inglês;
  • 1/2 xícara de vinagre branco;
  • 2 xícaras de catchup;
  • 1 colheres de sopa de chilli em pó ou páprica picante;
  • 2 folhas de louro;
  • pimenta do reino;
  • sal;
  • azeite.

Apesar da quantidade de ingredientes, é bem simples e rápido de fazer.

Leve uma panela pequena ao fogo alto com um fio de olho. Adicione a cebola e frite até dourar.

Adicione a água, o açúcar mascavo e misture bem, adicione o vinagre branco, o molho inglês e o catchup. Misture bem novamente.

Adicione o sal a gosto, o chilli em pó ou a páprica picante (usei meia colher de cada), a pimenta do reino a gosto e as folhas de louro.

Abaixe o fogo e deixe ferver até o molho engrossar, mexendo constantemente. O ponto é quando parecer com um catchup de qualidade. Desligue o fogo e retire as folhas de louro para finalizar.

Se quiser, pode ser congelado.

Acompanha praticamente tudo, carne de porco, costela bovina, pizza de frango, hamburgers, wraps, entre outros. Escolha o prato principal e Bom apetite!

Veja também:
Pizza de Frango Barbecue
Costelinha com Geleia de Morango com Pimenta
T-Bone no Forno
Hamburger Caseiro

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Dezembro 6, 2013 em Molhos

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

Hackepeter

Quando pensamos em comida típica alemã, provavelmente esse é um dos primeiros pratos que vem a cabeça. Apesar de eu não ser fã de comida alemã e você não verá muitas receitas dessa culinária por aqui, esse prato pra mim tem um toque especial, pois quando conheci a dona Maria, saíamos para um barzinho que servia esse aperitivo. Isso me trás boas recordações.

Muita gente confunde o hachepeter com beef tartar ou com carne de onça. Apesar de serem parecidos, não é a mesma coisa. O Beef Tartar é francês e não usa carne moída como no hackepeter, e sim a carne picada na ponta da faca. Mas é bem parecido.

Já a carne de onça o que muda é a forma de servir, ao invés de preparar na mesa em frente aos convidados, é servido no pão preto e com salsinha por cima, como se fosse uma brusqueta.

Vamos ao que interessa, nosso Hackepeter, veja os ingredientes:

  • 500 gramas de coxão mole limpo moído;
  • 1 gema;
  • 1 colher de sopa de salsinha picada;
  • 1 colher de sopa de cebolinha verde picada;
  • 1 colher de sopa de alcaparras picadas;
  • 2 colheres de sopa de cebola picada;
  • 2 colheres de chá de molho inglês;
  • 3 colheres de chá de mostarda;
  • 1/2 xícara de azeite de oliva;
  • páprica picante a gosto;
  • sal grosso moído a gosto;
  • pimenta do reino moída;
  • 50 ml de conhaque.

A parte mais difícil é conseguir achar um açougue e um açougueiro de bom humor para limpar a carne e moer ela pra você. Não pode ter nada de gordura ou nervos e o ideal é passar apenas 2 vezes no moedor. A carne ideal é o coxão mole, mas pode usar alcatra ou mignon se preferir.

Em um prato grande ou uma travessa, coloque a carne limpa moída e molde em um formato circular, deixando o topo levemente afundado para que a gema não caia quando for colocada. Espalhe a páprica picante por cima e nas laterais. Isso irá dar uma cor avermelhada bonita ao prato.

Coloque a gema no topo da carne, e no prato ao redor, coloque a salsinha picada, a cebolinha verde picada, as alcaparras escorridas e picadas e a cebola picada o mais fino que você conseguir. A cebola acho melhor não ralar porque irá soltar muita água. A alcaparras compro em conserva.

Feito isso, pode levar à mesa. O charme do prato é terminar de preparar na mesa, em frente aos convidados. Com o auxílio de 2 garfos, misture brevemente todos os ingredientes que estiverem no prato e deixe a carne bem espalhada, então despeje o conhaque e misture bem. O conhaque irá esterilizar a carne e o ovo.

Adicione o sal grosso moído. Pode caprichar no sal. Adicione também a mostrada, o molho inglês, a pimenta do reino moída e o azeite de oliva de qualidade. Misture novamente.

O hackepeter tem que ficar com a aparência de um patê. Para que isso ocorra, o segredo é a forma com que você mistura os ingredientes. A forma correta é passar o garfo por baixo e virar pro meio e em seguida apertar com o garfo. Semelhante como fazer um purê de batata.

Recomendo você provar um pouquinho e caso ache necessário, faça a correção no sal, mostarda ou molho inglês até ficar do seu agrado.

Quando estiver pronto, molde novamente formando um circulo e estará pronto. Sirva com uma cesta de pães variados. Os pães mais moles são mais recomendados.

Agora é só praticar servir com 2 garfos usando uma mão só. Quem está acostumado com sushi não terá dificuldades. [risos]

Para acompanhar, recomendo uma cerveja Weizen, combina perfeitamente.

É importante lembrar que esse prato, por levar ovo e ser servido cru, deve ser preparado e consumido imediatamente. Se sobrar, descarte.

Bom apetite!

Veja também:
Costelinha com Geleia de Morango com Pimenta
Hamburger Caseiro
Carne de Panela à Mexicana

 
1 Comentário

Publicado por em Agosto 4, 2013 em Aperitivos, Carnes

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Acompanhamentos pra Fondue de Queijo

Quando se pensa em jantar no inverno, seja romântico, ou encontro de amigos, logo vem a cabeça o famoso Fondue.

O acompanhamento clássico do Fondue de Queijo é sem dúvida o pão, porém só ele, o sabor fica meio monótono e até enjoativo. Por isso optei por explorar outros acompanhamentos para dar um toque especial.

O objetivo desse post são os acompanhamentos, por isso não entrarei na preparação da massa do fondue de queijo, inclusive usei massa pronta comprada no supermercado mesmo.

Vamos aos acompanhamentos:

Pães:

  • Pão Italiano;
  • Baguete Tradicional.

O pão não pode faltar, e não é qualquer tipo que pode ser utilizado. Você deve escolher um pão de casca dura, e deve cortar para que todos as partes servidas tenham casca. Escolhi o pão Italiano, que por ter alta fermentação, tem um sabor marcante, combinando perfeitamente com o fondue de queijo e a Baguete Tradicional que tem o sabor mais suave.

Corte os pães em cubos de tamanhos iguais, e que seja possível de serem espetados firmemente pelo garfo de fondue.

Queijo Reino:

Escolhi um queijo maturado de massa dura e sabor forte para dar presença e sobressair ao Fondue. Combinou muito bem.

Corte em cubos de tamanho iguais aos pães.

Brócolis:

Esse acompanhamento realmente me surpreendeu, não poderia esperar que combinasse tão bem.

Separe o brócolis em buquês pequenos. Coloque o brócolis em um saco de freezer, feche bem e leve ao micro-ondas por 1 minutos em potência alta.

Se o saco pra freezer estourar, não tem problema, deixe completar o tempo indicado. Retire com cuidado para não se queimar com o vapor.

Batata Noisette:

A batata noisette você encontra pronta congelada no supermercado. Para assar basta seguir as instruções da embalagem.

Eu fiz no forno elétrico, e deixei 5 minutos a mais no forno para ficar bem crocante.

Carne:

Utilizei filé mignon na manteiga. Corte o filé mignon em cubos, de tamanho similar ao queijo.

Em uma panela, adicione uma colher sopa de manteiga para cada 200 gramas de carne, adicione a carne, uma pitada de sal e frite até a carne atingir a consistência desejada.

Não frite muito para a carne não ficar dura. O ponto ideal é o suficiente para que você consiga espetar com o garfo de fondue.

Linguiça Calabresa Fininha:

  • Linguiça calabresa fininha;
  • Molho Inglês.

Corte a linguiça calabresa fininha em pedaços pequenos, suficiente para espetar com o garfo de fondue. Aqueça uma panela em fogo médio, adicione a linguiça calabresa e um pouquinho de água para soltar o excesso de gordura. Frite por alguns instantes e adicione uma colher sopa de molho inglês para caramelizar.

Frite por mais alguns instantes e estará pronto.

Para acompanhar, um vinho Cabernet Sauvignon Blanc ou Chardonnay vão muito bem. Eu optei por fugir à regra e servi um Cabernet Sauvignon tinto por causa dos acompanhamentos mais presentes que usei.

Bom apetite!

Veja também:
Strogonoff de Carne
Hamburger Caseiro

 
14 Comentários

Publicado por em Julho 14, 2013 em Acompanhamentos

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

 
Daniel Dalonso | Fotografia

Paixão pela arte de fotografar!